Ao assinalar, a 10 de Outubro, o seu décimo oitavo aniversário, a Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis reafirma a sua missão de apoiar a divulgação, implementação e desenvolvimento do Projeto Cidades Saudáveis, nos municípios que pretendam assumir a promoção da saúde como uma prioridade da sua agenda política.

Este projeto promove uma abordagem holística da saúde, centrando-se na importância dos condicionantes da saúde na melhoria da qualidade de vida da população e procura qualificar o bem-estar físico, mental, social e ambiental nas comunidades locais.

Nestes 18 anos de trabalho coletivo investimos em suportes de avaliação, informação e de divulgação da Rede, de formação dos seus técnicos e políticos, estabelecemos parcerias com cidades saudáveis da Europa, reforçámos a parceria com a Organização Mundial de Saúde, com os órgãos da administração central bem como com organizações públicas de âmbito nacional. Este percurso conferiu à Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis uma maturidade que lhe permite abraçar novos desafios sempre com o objetivo de se afirmar como uma rede de referência em matéria de saúde pública.

Esta Rede sustenta-se no esforço conjunto de políticos, técnicos e profissionais de diversas áreas que trabalham em prol da promoção da saúde. Só assim foi e continua a ser possível desenvolver esta Associação, contando presentemente com 29 Municípios, que se regem pelos princípios da equidade, sustentabilidade, cooperação intersectorial e solidariedade.

 

Membros do distrito de Setúbal da Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis:

> Barreiro
> Montijo
> Palmela
> Seixal
> Setúbal

Partilhe esta notícia