As obras de recuperação do Convento de Jesus realizadas por iniciativa da Câmara Municipal de Setúbal estão concluídas e vão permitir, finalmente, a reabertura – ainda que parcial -, depois de 23 anos de encerramento, do mais importante monumento setubalense, anunciou esta terça-feira a Câmara Municipal de Setúbal.

De acordo com a autarquia sadina, o monumento onde, em 1494, foi ratificado o Tratado de Tordesilhas e onde está instalado o Museu da Cidade reabre ainda este mês.

No Convento de Jesus poderá apreciar obras emblemáticas como a pintura “Bocage e as Musas”, de Fernando Santos, ou a mais recente aquisição para o espólio do museu, o valioso “Calvário – Cristo Crucificado, Nossa Senhora, São João e Santa Madalena”.

Partilhe esta notícia