O TAS-Teatro Animação de Setúbal, vai apresentar no próximo dia 25 de ABRIL às 22h no Teatro de Bolso a sua 122ª produção, “A Estrela de Seis Pontas” de Manuel Tiago.

Este espetáculo, insere-se na comemoração dos quarenta anos do vinte e cinco de Abril e pretende simultaneamente evocar e fuga do dirigente comunista Álvaro Cunhal do Forte de Peniche e o centenário do seu nascimento (embora este último um pouco tardiamente).

“Um preso político convive e abraça os anseios e as lutas de muitos outros presidiários ali fechados por crimes de delito comum, afastados de uma profunda razão de estar preso e sentir em absoluta consciência a perda da liberdade, defender outras ideias e combater com razão outros valores humanos e sociais.

A dimensão humana, do presidiário, foi sendo transformada através de vários personagens e episódios/situações pontuais, o relato de vida na prisão nos anos de 1940-50  e da resistência dos comunistas à ditadura de Salazar e Marcelo Caetano, das prisões políticas e das perseguições da PIDE/DGS.”

O Texto “Estrela de Seis Pontas” da autoria de Manuel Tiago (Álvaro Cunhal), tem adaptação de Carlos Curto, que o concebeu e dirigiu, e é interpretado pelo Ator José Nobre, contando igualmente com a participação de Carlos Curto.

Fonte : TAS

Partilhe esta notícia