No próximo sábado, às 16h, o auditório da Galeria Municipal acolhe a conferência “Aldeia Galega do Ribatejo e a Posta” que terá como orador o historiador local Mário Balseiro Dias.

A palestra, cuja entrada é livre, abordará, a criação da Posta, a importância do Montijo na rede de comunicações da época, nomeadamente no serviço público de correio, e a relevância da Posta para o desenvolvimento de Aldeia Galega do Ribatejo.

Recorde-se que, o Montijo recebeu a sua carta de foral no dia 15 de setembro de 1514, outorgada pelo rei D. Manuel I. Foi também o mesmo rei que, no âmbito do processo de estruturação do Estado, organizou o correio moderno em Portugal, ao nomear Luís Homem, para o cargo, então criado, de Correio-Mor, em 1520.

Aldeia Galega do Ribatejo tornou-se o ponto de partida e de chegada da posta e, depois, da Mala-Posta (esta em 1830-31 e em 1854-58), do Alentejo e de Espanha, desenvolvendo-se economicamente com o tráfego de pessoas.

Até janeiro de 2015, todos os meses, o auditório da Galeria Municipal abre as portas a historiadores locais e nacionais no âmbito do Ciclo de Conferências comemorativas dos 500 Anos do Foral Manuelino de Aldeia Galega do Ribatejo.

Partilhe esta notícia