Tal como aconteceu com o Benfica, também o F.C. Porto se viu forçado a adiar o seu jogo na Madeira frente ao União. Os azuis e brancos têm também uma agenda bastante preenchida e se a não-realização deste jogo deu mais tempo para preparar a deslocação a Israel, importantíssima para consolidar a liderança do grupo G na Liga dos Campeões, poderá ter consequências no futuro e dar menos tempo de descanso para outras partidas igualmente importantes.

Para já, a consequência imediata é uma desvantagem de cinco pontos para o Sporting, que venceu o Estoril nesta jornada por 1-0 num jogo onde os leões tiveram dificuldades para ultrapassar a muralha defensiva estorilista. É certo que o Sporting tem um jogo a mais que F.C. Porto e Benfica mas passa mais a pressão para estas duas equipas que se veem forçadas a vencer sempre os seus jogos sob pena do jogo em atraso não servir para recuperar a desvantagem que têm atualmente na tabela classificativa. Agora é tempo de preparar o jogo frente ao Skenderbeu a contar para a Liga Europa, competição na qual o Sporting ainda tem uma palavra a dizer.

Já o Benfica redimiu-se da pesada derrota em casa e venceu o Tondela num jogo que se disputou em Aveiro por 4 bolas a 0. É certo que a exibição dos encarnados deixou muito a desejar mas a eficácia demonstrada foi o suficiente para garantir um resultado folgado. Agora, é tempo de pensar no jogo de hoje frente ao Galatasaray. Uma vitória coloca praticamente o Benfica com um pé nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, algo que toda a estrutura encarnada definiu como um dos principais objetivos desta temporada e importante não só a nível desportivo como também financeiro.

Vamos ver como termina a próxima jornada do campeonato nacional que irá parar novamente por um longo período de tempo devido a compromissos das seleções nacionais e da Taça de Portugal, que vai incluir esse escaldante Sporting-Benfica.

 

 

 

Por: Ricardo Santos

Marketeer

Partilhe esta notícia