A náutica de ensino setubalense ganhou, esta manhã, um novo barco à vela, que fica ao serviço do Centro de Formação Desportiva de Atividades Náuticas de Setúbal, projeto dinamizado no âmbito do Desporto Escolar.

 

A embarcação, um modelo Laser Bahia, no valor de cerca de oito mil euros, foi oferecido ao Centro de Formação Desportiva de Atividades Náuticas de Setúbal numa iniciativa da Fundação Oceano Azul com a parceria do Oceanário de Lisboa.

A nova embarcação, com 4,60 metros de comprimento e 1,80 metros de largura, tem capacidade para cinco tripulantes e reforça a valência de vela daquele centro náutico nas vertentes de iniciação e aperfeiçoamento.

Nas águas do Sado, o Laser Bahia fez a saída de estreia comandada pelo navegador setubalense João Cabeçadas, que integra a prestigiada equipa de alta competição de vela Alinghi.

A cerimónia desta manhã contou ainda com a presença do vereador com o pelouro do Desporto na Câmara Municipal de Setúbal, Pedro Pina, e da diretor do Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama, Fernanda Oliveira.

O Centro de Formação Desportiva de Atividades Náuticas de Setúbal, a funcionar desde o ano letivo 204-1015, está instalado à entrada no Parque Urbano de Albarquel, em antigas instalações navais cedidas pela autarquia.

Além da vela, o centro com sede no Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama, dinamiza atividades de canoagem, windsurf e stand up paddle, todas no rio Sado, e ainda kayak polo na Piscina das Manteigadas.

Ao serviço da comunidade escolar, não apenas de Setúbal mas de todo o país, o centro de formação, já recebeu mais de 10 mil participantes, incluindo alunos com necessidades especiais.

O objetivo do Centro de Formação Desportiva de Atividades Náuticas de Setúbal é promover a literacia do mar, proporcionar experiências náuticas e preencher pausas letivas.

Partilhe esta notícia