“Bocage Visto e Interpretado pela Arte Contemporânea” é o desafio proposto pela Câmara Municipal de Setúbal para um concurso nacional de artes plásticas, apresentado ontem, na Galeria Municipal do Banco de Portugal.

 

O evento, de âmbito multidisciplinar, integra o programa das Comemorações dos 250 Anos do Nascimento de Bocage, que a Autarquia, juntamente com diversas entidades, está a desenvolver ao longo de um ano, entre setembro de 2015 e setembro de 2016.

 

As peças de arte apresentadas a concurso devem ser trabalhos inéditos em disciplinas como pintura, escultura, desenho, gravura, fotografia, instalação e multimédia.

 

Com o objetivo de dinamizar o meio artístico local e nacional, o evento tem uma temática que orbita unicamente em torno de Manuel Maria Barbosa du Bocage, sendo possível a apresentação de obras que reflitam a figura, a obra ou até ambas as vertentes do poeta.

 

O concurso, apresentado pelos técnicos municipais José Luís Catalão e Francisca Ribeiro, recebe as candidaturas dos interessados entre 16 de novembro de 2015 e 16 de janeiro de 2016, que podem consultar as normas de participação no concurso na página de internet da Autarquia, em www.mun-setubal.pt.

 

O autor da obra vencedora recebe um prémio pecuniário no valor de 2500 euros.

 

Todas as obras admitidas a concurso integram uma exposição na Galeria Municipal do 11, em Setúbal, após a qual a obra vencedora e eventuais menções honrosas ficam patentes ao público no Museu Sebastião da Gama, em Vila Nogueira de Azeitão.

 

No âmbito das exposições, a Câmara Municipal produzirá um catálogo sobre as obras apresentadas e os currículos artísticos dos autores.

 

 

Partilhe esta notícia