A Associação dos Agentes de Navegação de Portugal (AGEPOR), em comunicado, admite que, “perante a impossibilidade de se encontrar uma alternativa na margem Norte”, “vê com bons olhos o desenvolvimento deste projeto” no Barreiro.

“Há muito que se impõe que haja uma solução de futuro para o desenvolvimento do trafego contentorizado em Lisboa. A sua falta prejudica o porto, as suas perspetivas e a sua competitividade a longo prazo”, realça a Associação representante dos Agentes de Navegação Portugueses e, em consequência, representante também dos Armadores e navios que escalam os portos nacionais.

A AGEPOR espera que o Barreiro “se venha a verificar viável e concretizável”.

Leia aqui o Comunicado da AGEPOR

Partilhe esta notícia