O vereador do PSD na Câmara Municipal do Barreiro, Bruno Vitorino, defende que tem que ser encontrada uma solução, para os casos de violência contra jovens mulheres que acontecem há mais de 15 anos no concelho e que são praticados pelos mesmo sujeito.

 

Durante este período, mais de 50 mulheres apresentaram queixas às autoridades por terem sido agredidas. Estas agressões são da autoria da mesma pessoa, que está perfeitamente identificada.

 

O sujeito está referenciado no Hospital do Barreiro, local onde se encontra atualmente, tendo sido internado compulsivamente na unidade de psiquiatria, após ter levado a cabo novos episódios de violência.

 

“Mas a verdade é que o individuo já esteve internado muitas vezes e ao sair volta a cometer o mesmo tipo de agressões. Um indivíduo assim, constitui um perigo para a sociedade e nunca foi encontrada uma solução definitiva para o caso”, acrescenta o social-democrata.

 

Bruno Vitorino recorda que os eleitos da Câmara Municipal e da Assembleia Municipal assistiram a relatos de jovens que foram agredidas e que hoje vivem um clima de terror. Para além das consequências físicas, sofreram também consequências psicológicas que perduram.

 

“Não é possível estas situações ocorrerem, no mesmo concelho, há 15 anos, com mais de 50 queixas apresentadas nas autoridades competentes e com muitos outros casos que temos conhecimento, em que não foram apresentadas queixas”, sublinha.

 

O vereador considera que esta é uma “falha do sistema” que tem que ser colmatada urgentemente. “Esta situação não é normal. O mesmo individuo agredir repetidamente tantas jovens e continuar a não haver uma solução definitiva para o caso”.

 

“A Câmara Municipal do Barreiro, apesar de não ter competências próprias na matéria, tem de ajudar a encontrar uma resposta, sensibilizando as entidades competentes para este problema”, adianta.

 

Neste sentido, Bruno Vitorino quer que o presidente da Câmara reúna de urgência o Conselho Municipal de Segurança, para que todas as entidades que o integram, possam contribuir, dentro das suas competências e conhecimentos, para ajudar a resolver este problema, identificando a falha que possa ter acontecido.

 

“Temos que fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para que este problema seja resolvido, de forma definitiva, de modo a que a paz e a segurança sejam devolvidas à população”, assegura.

 

Fonte:PSD Barreiro

Partilhe esta notícia