António Xavier foi o vencedor do Concurso de Quadras Populares 2015, promovido há 20 anos pela Câmara Municipal de Almada em parceria com a SCALA – Sociedade Cultural de Artes e Letras de Almada, com o objetivo de distinguir, pela sua qualidade, as melhores quadras alusivas aos festejos de São João, no concelho de Almada.

A entrega dos prémios às melhores quadras populares de 2015 aconteceu a 11 de julho, no Convento dos Capuchos, na Caparica. Este ano participaram no concurso cerca de 800 quadras escritas por cerca de 270 concorrentes oriundos de vários pontos do país. Almada e Revolução foram as palavras de inclusão obrigatória nas quadras a concurso.

Além do prémio pecuniário atribuído pela organização (1.º prémio – 450 euros; 2.º prémio – 350 euros; 3.º prémio – 250 euros), os vencedores e as duas dezenas de concorrentes distinguidos com as menções honrosas receberam também um troféu alusivo à Revolução dos Cravos e às festas populares, concebido por Luísa Becho. A todos os participantes foram ainda atribuídos diplomas de participação.

A encerrar a cerimónia de entrega dos prémios houve ainda lugar a um momento musical protagonizado por Joana Melo, com direção musical de André Santos.

1.º Prémio (450 euros)

Em Abril, és cravo em punho

És flor da Revolução…

Almada, fruto de Junho

Com sabor a São João!

Autor: António Manuel Gaspar Mateus Xavier (Moscavide)

 

2.º Prémio (350 euros)

Almada com S. João

A bordo dum cacilheiro

Levou a revolução

Ao povo do mundo inteiro.

Autor: Albino Augusto Afonso de Matos Morais (S. Domingos de Rana)

 

3.º Prémio (250 euros)

Almada revolução

És poema que respira

Oferecido a S. João

Onde o poeta se inspira

Autor: Filipa Fernandes Lameira (Odivelas)

Partilhe esta notícia