Em 2015, o TMJB dá início a um ciclo de Conversas com o público, que irá permitir uma reflexão mais aprofundada em torno de temas suscitados por alguns dos espetáculos em cena. A primeira conversa, que está marcada para o próximo sábado, 24 de Janeiro, às 18h00, será dedicada a Kilimanjaro e a Ernest Hemingway. Para além de Rodrigo Francisco, responsável pela dramaturgia e encenação de Kilimanjaro, vão estar presentes José Mário Silva e José Vieira Mendes.
Qual o peso da atividade jornalística na carreira de Ernest Hemingway? Com que problemas se deparam atualmente aqueles que procuram adaptar a sua obra para cinema ou para teatro, como fez Rodrigo Francisco em Kilimanjaro? Que tipo de relação estabelece a literatura com as artes performativas? Eis algumas das questões que serão abordadas nesta conversa com o público.

José Mário Silva (n. 1972) é jornalista e crítico literário. Coordena atualmente a secção de livros do Expresso e colabora com a revista Ler. Publicou dois livros de poesia (Nuvens & Labirintos, 2001; Luz indecisa, 2009) e um de narrativas (Efeito Borboleta e outras histórias, 2008). Mantém igualmente o blogue Bibliotecário de Babel.
José Vieira Mendes (n. 1960) é jornalista, crítico de cinema e curador de festivais. Foi director da revista de cinema Premiere (1999-2010), apresentador das Noites de cinema da RTP Memória (2011-2013) e comentador de cinema na RTP1. Actualmente colabora com a revista Visão e com o JL. Realizou os documentários Ó Pai, o que é a Crise? (2012), Gerações curtas!? (2012) e As memórias não se apagam (2014).

TMJB | FOYER
24 JAN | SÁB às 18h00
Entrada livre

Partilhe esta notícia