Militares do Núcleo de Investigação Criminal de Almada detiveram, nos dias 21 e 22 de junho, três indivíduos suspeitos de roubo e burlas informáticas.

Um dos indivíduos, de 29 anos, teve como alvo três estabelecimentos comerciais, uma residência e dois veículos automóveis nas localidades de Charneca, causando avultados prejuízos materiais e um acentuado alarmismo social no seio da população ali residente.

Os outros, de 17 e 18 anos, cooperavam entre si, tendo como alvo vítimas que se encontravam junto das paragens do metro de Almada. Através de coação e violência física retiravam-lhes  todos os bens materiais, e obrigavam-nas a  fornecerem os códigos pessoais dos cartões de débito/multibanco, e consequentemente levantar elevadas quantias monetárias.

Após serem presentes a tribunal, ficaram em prisão preventiva.

Partilhe esta notícia