Na Sexta-feira, dia 19 de Junho, terá lugar na Casa da Cerca, em Almada, a inauguração da exposição Reflexos, de Rui Sanches, logo após a apresentação ao público da programação integral do 32.º Festival de Almada, às 21h30. Reunindo 12 dípticos de desenho e fotografia, e uma escultura, esta exposição reúne um conjunto de obras que remetem para o mundo teatral.

Rui Sanches (Lisboa, 1954) estudou em Lisboa no Ar.Co, em Londres no Goldsmiths’ College e em New Haven na Universidade de Yale. Em 1984 realiza a sua primeira exposição individual na Galeria de Arte Moderna da S.N.B.A.. Participa na exposição Le XXème au Portugal, que ocorre em Bruxelas em 1986, ano em que faz também a decoração do bar Frágil, no Bairro Alto. É convidado a participar na exposição Prémio jovem escultura Unicer, que tem lugar em 1988, na Fundação de Serralves, onde lhe é atribuído o primeiro prémio. Em Janeiro de 1991 realiza a exposição Desenhos no Centro de Arte Moderna da Gulbenkian e, no mesmo ano, expõe em Roma, na Galleria Stefania Miscetti. Realiza uma peça, Anunciação, concebida especificamente para o espaço do Museum van Hedendaagse Kunst Ghent no âmbito da Europália 91. Em 2001 a Gulbenkian organiza uma exposição retrospectiva do seu trabalho. Para além das exposições referidas, tem apresentado o seu trabalho em dezenas de exposições individuais e coletivas em países como Portugal, Espanha, Brasil, Itália, Bélgica e Japão, estando representado nas mais importantes coleções públicas portuguesas. É o autor do cartaz do 32.º Festival de Almada.

 

 

 

ASSINATURAS 32.º FESTIVAL DE ALMADA

Geral: 70€

Jovem (até 25 anos): 40€

Clube de Amigos do TMJB: 60€

 

Promoção especial duas assinaturas “Geral” = 50€ cada

(promoção válida até ao dia 28 de Junho)