Os alunos da equipa EPA Sat IV, da Escola Profissional de Almada, estiveram na Ilha de Santa Maria, Açores, entre 4 e 7 de maio para participar na Final do Cansat Portugal. Nesta final conquistaram o 2.º lugar e um estágio na Estação de Seguimento de Satélites da Agência Espacial Europeia, sediada na mesma ilha.

O CanSat é um projeto educativo da Agência Espacial Europeia (ESA), organizado em Portugal pela Ciência Viva- Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, com o objetivo de proporcionar aos estudantes Portugueses a primeira experiência em projetos relacionados com a tecnologia aeroespacial. O CanSat Portugal desafia alunos do ensino secundário de todo o país a projetar e construir um modelo funcional de um micro-satélite (CanSat) cujos sistemas base (antena, bateria e sensores) terão de estar integrados num volume equivalente ao de uma lata de refrigerante (can). Com o micro-satélite funcional, os alunos têm de trabalhar dados que são recolhidos durante e após o lançamento do seu satélite.

Na competição, cada equipa tem uma missão primária (comum a todos os participantes) e uma missão secundária para cumprir. Na primeira, os CanSat devem conseguir medir temperatura, pressão atmosférica e humidade; e estabelecer ligação entre o seu satélite e a ground station, recorrendo a antenas construídas pelas próprias equipas. Para a sua missão secundária, este ano os alunos da Escola Profissional de Almada construíram um sensor de imagem (uma matriz de LDRs) e uma câmara do tipo pinhole para a captura imagens, e introduziram um localizador GPS e uma câmara digital extra no seu micro-satélite.

Após meses de muito trabalho e dedicação, a EPA Sat IV viu o seu satélite ser lançado de um ultra-leve. Foram minutos de concentração total e muita ansiedade, em que os cinco elementos da equipa  – André Fontes, Carlos Pólvora, Pedro Cunha, Pedro Santos e Rafael Silva – orientados pelo professor Luís Bettencourt, conseguiram ver a sua missão cumprida. Os dados foram enviados e recebidos com êxito, e posteriormente trabalhados. A apresentação desta informação foi feita perante um exigente júri, em Inglês e o resultado foi o prémio que a EPA Sat IV trouxe para casa: o 2º lugar Nacional.

Partilhe esta notícia