António Chaínho, professor e ex-presidente da Assembleia Municipal de Grândola apresentará, publicamente, no próximo dia 24 de outubro, pelas 21 horas, na Biblioteca Municipal, o seu novo romance “Pensão Avenida”, a sua décima primeira publicação, entre ensaios, romances e trabalhos académicos.

A narrativa desenrola-se numa vila alentejana, Almedreia, em quase tudo semelhante a Grândola, terra do autor. As cumplicidades características de uma pensão dos anos 60 entre os seus hóspedes residentes determinam o fio condutor de quase todo o enredo. Trata-se de um microcosmos da sociedade daquela pequena terra, em que diferentes personalidades, graus de cultura, interesses e modos de estar na vida, nada impediam que se desenvolvesse, entre eles amizade, estima, lealdade, solidariedade e compressão. Paralelamente vive-se nesta história ficcionada uma relação de amor proibido entre as duas principais personagens, cujos contextos de origem são diametralmente opostos.

A edição está a cargo da Junta de Freguesia de Grândola e Stª Margarida da Serra.

Partilhe esta notícia