No âmbito do previsto nos Decretos-lei n.º 188/2009 de 12 de agosto e n.º 184/2012 de 8 de agosto a APS desenvolveu o projeto para o licenciamento do Programa DAE (desfibrilhação automática externa) dos portos comerciais de Faro e de Portimão, com o apoio da FEMEDICA.

O processo no Algarve passou pela formação de trinta trabalhadores e trabalhadoras daqueles portos em primeiros socorros, SBV (suporte básico de vida) e DAE, estando em curso o processo para o licenciamento pelo INEM dos programas para aqueles portos.

Este projeto continuou o processo desenvolvido no porto de Sines que envolveu a formação de 52 trabalhadoras e trabalhadores da APS, com ações de TAT (tripulante de ambulância de transporte), de primeiros socorros, de SBV e de DAE e a aquisição de dois equipamentos, que culminou com o licenciamento pelo INEM no final de setembro de 2014, do programa que abrange as instalações da APS em Sines – edifícios Sede e Técnico e Porto de Recreio, estando em curso o desenvolvimento de processo com as concessionárias das instalações portuárias para alargar a área de cobertura a todo o porto de Sines.

Estes programas permitem uma melhoria das condições de segurança das infraestruturas portuárias geridas pela APS e de todos aqueles que trabalham nas mesmas, e ainda com especial relevo para as condições oferecidas aos navios de cruzeiro no porto de Portimão

Partilhe esta notícia