Sob o lema “Três Portos, Uma Equipa”, a APS realizou a sessão de acolhimento aos novos trabalhadores desta administração portuária, no âmbito do processo de integração dos portos do Algarve com o Porto de Sines.

De acordo com o previsto no Decreto-Lei n.º 44/2014, foram agregados os portos comerciais de Faro e Portimão com a Administração do Porto de Sines, passando a designar-se Administração dos Portos de Sines e do Algarve. Com a nova responsabilidade da gestão direta dos dois portos algarvios, que antes cabia ao IPTM, a APS desenvolveu as diligências necessárias para a transferência dos 36 trabalhadores afetos a estes portos, que culminou com a celebração de acordos de cedência de interesse público.

Estes trabalhadores tiveram agora a respetiva sessão de acolhimento na organização, permitindo uma integração e receção apropriada, com vista a uma rápida adaptação à realidade do Porto de Sines e a uma profícua criação de sinergias entre os três portos.

A receção dos novos trabalhadores teve início com uma apresentação pelo presidente, João Franco, relativa à empresa e aos próximos desafios individuais dos portos, e continuou com uma visita alargada ao Porto de Sines. O dia terminou com uma apresentação do sistema integrado de gestão da APS (qualidade, ambiente e segurança) e dos principais de instrumentos de relacionamento entre o trabalhador e a organização, particularmente o Portal do Colaborador.

De regresso ao Algarve, os novos trabalhadores da APS demonstravam, de acordo com a APS, uma grande satisfação, não só “pelo conhecimento das características do Porto de Sines e da sua cultura organizacional”, mas também pelas “potencialidades que a agregação dos três portos pode trazer, futuramente, para o desenvolvimento de cada porto” e para a economia das regiões onde se encontram inseridos.

Partilhe esta notícia