No âmbito do IV Concurso para Atribuição do Ateliê Municipal do Barreiro, o júri, constituído por  Lurdes Lopes (em representação da Câmara Municipal do Barreiro), Paulo Nunes (como professor de artes do Agrupamento de Escolas de Casquilhos) e Carlos Ribeiro (artista plástico), deliberou que o Projeto “Oficina de Artes”, apresentado por Cristina Arvana e Joana Maurício, foi ao encontro dos critérios de avaliação estabelecidos para Ateliê e apresentou uma maior estruturação e maior consistência, exigidas nas normas.

 

Foi valorizada a multidisciplinariedade do projeto e a promoção do contacto com a comunidade e o tecido cultural local.

 

O Ateliê Municipal do Barreiro integra-se no Plano Estratégico de Desenvolvimento das Artes Visuais no Barreiro e tem como principais objetivos dinamizar e promover a criação artística no Concelho, oferecer condições de trabalho a artistas locais visando uma crescente profissionalização, desenvolver a descentralização cultural pelas freguesias, incentivar os artistas a desenvolver trabalho no âmbito das Artes Visuais, assim como, dinamizar o contacto entre os artistas e a comunidade.

Partilhe esta notícia