“Bancada da CDU de S. Sebastião rejeita recomendação do PSD para resolver o problema do estacionamento no Monte Belo, deixando oposição e moradores perplexos”

Na última Assembleia de Freguesia de S. Sebastião, no passado dia 26 de junho de 2018, a recomendação defendida por Paulo Pisco e Luís Vinagre do Partido Social Democrata, foi recusada pela maioria da CDU e aprovada por toda a oposição (PSD e PS), com a abstenção do Bloco de Esquerda. Este voto contra da CDU não permitiu que a Assembleia de Freguesia em S. Sebastião recomendasse à Câmara Municipal de Setúbal uma proposta urbanística que conseguiria ajudar a resolver o estacionamento e, simultaneamente, melhorar a articulação entre o Monte Belo Norte e Sul. Foi inviabilizada, assim, uma maior integração entre os dois bairros e, destes, com a restante cidade. Esta posição por parte da CDU deixou perplexos o público, onde se encontravam moradores da zona, assim como todos os partidos da oposição.

A proposta apresentada pelo PSD considerava que para solucionar este problema não chega ordenar oestacionamento, seja o “oficial” ou o “oficioso”, como propôs a Câmara, na reunião realizada com osmoradores do Monte Belo Norte (11.04.18). Mas era necessário criar mesmo mais estacionamento, pois o existente é manifestamente insuficiente. Relativamente à pouca articulação entre o Monte Belo Norte e Sul,“separados” pela Av. Álvaro Cunhal – antiga Av. Antero de Quental – atualmente uma via rápida, seria necessário introduzir mais atravessamentos pedonais e rodoviários que, conjuntamente, com o estacionamento nessa via poderia torná-la mais urbana introduzindo cerca de mais quatrocentos lugares de estacionamento.

A esta proposta a CDU de S. Sebastião disse não. Sem argumentos que sustentassem a sua posição preferiu ser fiel ao executivo comunista que apoia, em vez de defender a população que a elegeu.

Setúbal, 28 de Junho de 2018
Os deputados do Partido Social Democrata Paulo Pisco
Luís Vinagre

 

 


RECOMENDAÇÃOPara um Monte + Belo

A falta de estacionamento na cidade em geral e na Freguesia de S. Sebastião em particular, é uma realidade a que assistimos há alguns anos, com particular incidência em alguns dos bairros. O Monte Belo Norte é, provavelmente, uma das zonas onde este constrangimento é mais gritante. Conjuntamente com este problema constata-se a pouca articulação entre o Monte Belo Norte e Sul, dificultando uma maior integração entre os dois bairros e destes com a restante cidade.

Vale a pena recordar que a população se tem manifestado, desde há muitos anos, incomodada com esta dificuldade de estacionamento que condiciona a sua qualidade de vida quotidiana, levando a que muitas pessoas se sintam constrangidas a usar o automóvel após o terem estacionado, quando regressam do emprego, pois não sabem onde o conseguirão, se o fizerem.

Para quem se desloca a pé, a situação dos moradores do Monte Belo Norte também não é particularmente fácil, pois não têm atravessamentos fáceis em boa parte do bairro, quer a norte (“parque” comercial de Borla) quer a Sul, na outra metade do Monte Belo e por aí até à restante cidade. Esta realidade não permite a acessibilidade a esta zona em segurança e comodidade.

Esta situação também tem merecido atenção por parte das diversas forças partidárias, revelando na campanha autárquica de 2017 destaque por parte do Partido Social Democrata (PSD), tendo sido patente no seu programa para esta freguesia a preocupação em contribuir para a resolução do estacionamento, melhoria do transporte público assim como do desenho urbano e articulação entre bairros.

No passado dia 2 de Abril de 2018, o PSD anunciou a realização de uma visita de que resultou uma proposta para o aumento do estacionamento e do seu ordenamento, por forma a melhorar a qualidade do espaço público neste bairro, que contou com a participação dos moradores na construção das propostas.

No dia 9 de Abril de 2018 surgiu uma convocatória da Câmara Municipal de Setúbal no bairro Monte Belo Norte que solicitava a presença de toda a população para uma reunião no dia 11 de abril de 2018, com o objetivo de se discutir estes problemas e que se realizou no auditório da Escola D. João II, na Camarinha. Nessa reunião foi anunciado e apresentado um “denominado” estudo prévio, elaborado no âmbito daestratégia “Mobilidade para Todos – Setúbal em Movimento”. O referido “estudo” foi apresentado e no final da sessão foi criado um grupo de trabalho com a população, para discutir as soluções.

Reconhecendo a importância de envolver as populações nos processos de decisão é nosso entendimento que os partidos políticos só têm sentido se ajudarem a melhorar a qualidade de vida das comunidades que servem. O PSD de Setúbal, nas últimas Autárquicas, candidatou-se à Freguesia de S. Sebastião com um programa

page1image29508464

simples mas ambicioso, onde “melhorar o espaço público e a articulação entre os bairros” e “a criação de maisestacionamento para residentes” eram duas das suas prioridades. Monte Belo, Norte e Sul, sentem estes problemas de forma aguda. Como entendemos que os partidos, mesmo quando não ganham as eleições, devem participar na construção de soluções que aumentem as condições dos seus representados, aqui estamos a propor um conjunto de medidas. Estas resultaram de um trabalho que conjuntamente com a população, teve início em Abril de 2017 (na preparação da campanha) e, como previamente anunciado, está a ser apresentado nesta Assembleia de Freguesia de S. Sebastião.

Considerando que para solucionar este problema não chega ordenar o estacionamento, seja o “oficial” ou o “oficioso”, como propôs a Câmara, na reunião realizada com os moradores do Monte Belo Norte (11.04.18). É necessário criar mesmo mais estacionamento, pois o existente é manifestamente insuficiente.
Considerando que o outro problema identificado é a pouca articulação entre o Monte Belo Norte e Sul,“separados” pela Av. Álvaro Cunhal – antiga Av. Antero de Quental – que é atualmente uma via rápida propõe a Assembleia de Freguesia de S. Sebastião, reunida em sessão ordinária, que na sequência da presente proposta do Partido Social Democrata, recomendar à Câmara Municipal de Setúbal:

  1. 1-  que esta via deverá tornar-se uma avenida urbana ajudando a ligar os dois bairros ( Monte Belo Norte e Sul), em vez de os separar;
  2. 2-  que se estabeleça uma nova ligação entre Monte Belo Norte e a Av. Álvaro Cunhal através da Rua Mouzinho de Albuquerque, permitindo um novo acesso a este bairro, útil para desanuviar o congestionamento de tráfego, tornando vivida a frente urbana nas traseiras da praceta Afonso Paiva,que atualmente se encontra, literalmente, entregue aos “bichos” (pois a relva à sua frente só serve para os cães fazerem as suas necessidades levados pelos seus donos).
  3. 3-  que se faça estacionamento, em espinha, ao longo da Av. Álvaro Cunhal, quer a norte quer a sul, o que ajudaria a, juntamente com o seu atravessamento, rodoviário e pedonal, tornar mais lenta a velocidade do trânsito e com isso conferir-lhe mais urbanidade. Esta intervenção permitia acrescentar cerca de mais quatrocentos lugares de estacionamento, ajudando muito a suprir esta deficiência estrutural na qualidade de vida dos seus moradores.”
  4. 4-  que se coloque a resolução deste assunto nas prioridades imediatas da CMS;
  5. 5-  que a CMS calendarize essa intervenção, em termos de projeto e obra, informando esta Assembleia

    de Freguesia sobre o mesmo;

  6. 6-  Que mantenha informada esta Assembleia de Freguesia, caso essa calendarização não venha a ser

    cumprida.

Setúbal, 26 de Junho de 2018

Os deputados do Partido Social Democrata Paulo Pisco
Luís Vinagre

 

Partilhe esta notícia