O Barreirense conquistou este domingo, no campo da Verderena, a Taça da Cidade do Barreiro, ao vencer o “derby” com o Fabril, por 2-1, impedindo os “verde e brancos” de repetir a façanha da época passada.

Os “Alvi-rubros” podem agradecer, para a conquista deste título, o habitual sentido de oportunidade de Rui Capitão-Mor – formado do GD Fabril – que assumiu o protagonismo do jogo ao marcar dois golos em dois minutos.

A partida no campo da Verderena valeu pelos primeiros 45 minutos de grande nível. Os primeiros sinais ofensivos foram protagonizados pela equipa orientada por José Viriato, com Lucas a desperdiçar uma excelente ocasião (6’).

Os “alvi-rubros” aproveitaram a passagem do primeiro quarto hora de jogo para fazer o que até então estava “encravado”: jogar em velocidade e marcar um golo. David Pinto desceu pela direita e cruzou para o poste mais longínquo, onde apareceu Capitão-Mor a desviar com sucesso.

Dois minutos depois, Capitão-Mor voltou a fazer estragos na defesa “fabrilista”. A bola sobrou na área e o número 28 não perdoou. Dois remates, dois golos e o Barreirense estava mais próximo de conquistar o troféu, mesmo sem ter necessitado de fazer muito no ataque.

O Fabril ainda sonhou, quando aos 34 minutos, e de livre direto, Coutinho reduziu a desvantagem e apontou aquele que viria a ser o tento de honra da formação do Lavradio.

Ao intervalo, os técnicos refrescaram as equipas, com destaque, no caso do Fabril para as entradas de Adérito e Banana, mas a intensidade dos “verde e brancos” não passou de boas trocas de bola até à frente da área do Barreirense e a atitude batalhadora não foi suficiente face ao acerto final da defensiva dos “alvi-rubros”.

Para além do Futebol Clube Barreirense, o grande vencedor do “derby” do Barreiro foi a Associação NÓS, beneficiária da receita do jogo, abrilhantado por uma excelente moldura humana que deu cor e animação ao Campo da Verderena.

 

Ficha do jogo:

Árbitro: Fábio Varanda

Árbitros Auxiliares: Mauro Santos, André Guerreiro e Sérgio Jesus (quarto árbitro)

 

Barreirense: José Carlos (c); Miguel Gomes; Pombo; Fragoso; Wilson; Maside; Ivan; David Pinto; Mauro; Fabrício e Capitão-Mor

Suplentes: Kevin; Carlos André; Bruno Costa; Bailão; Danilo; Rúben Guerreiro e Amadeu

Substituições: Maside, Mauro e Rui Capitão-Mor por Bruno Costa, Bailão e Amadeu, respetivamente (ao int.), David Pinto por Rúben Guerreiro (61´), Miguel Gomes por Carlos André (70´) e Fabrício por Danilo (75´)

Cartão Amarelo: Fabrício (27´)

Golos: Rui Capitão-Mor (15´ e 17´)

Treinador: Pedro Duarte

 

Fabril: Carlos Soares; Coutinho; Mota; David Martins; Michael; Espanta (c); Miguel Pimenta; Silva; Lucas; Zongo e Tony

Suplentes: Pedro; Adérito; Lampreia; João; Joel; Banana e Dino

Substituições: Coutinho, Michael, Miguel Pimenta e Lucas por Adérito, Lampreia, Joel e Banana, respetivamente (ao int.), Zongo por João (81´) e Tony por Dino (83´)

Cartões Amarelos: Zongo (35´) e Banana (90´)

Golo: Coutinho (34´)

Treinador: José Viriato

Partilhe esta notícia