A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) anunciou hoje a apreensão de cerca de 900 quilos de amêijoa imprópria para consumo num armazém improvisado no Barreiro, tendo sido instaurado um processo-crime.

A ASAE adianta em comunicado que, na ação realizada na quarta-feira, foram ainda detidas duas pessoas, além de ter sido suspensa a atividade do armazém improvisado por “falta de condições técnico-funcionais, de higiene e de licenciamento”.

O processo-crime foi instaurado por “comercialização de géneros alimentícios anormais avariados”, tendo sido apreendidos 47 objetos de pesca, uma viatura de transporte de mercadoria e dinheiro resultante da atividade num valor total acima dos 13 mil euros.

Lusa

Partilhe esta notícia