Foram vários os temas abordados pelos munícipes nas Opções Participadas com a população, que decorreram no dia 28 de maio, no Auditório da Biblioteca Municipal do Barreiro. Nesta iniciativa, inserida no âmbito do Roteiro do Barreiro, o Presidente da Câmara Municipal, Carlos Humberto de Carvalho, as Vereadoras Sofia Martins, Regina Janeiro e Sónia Lobo, e a Presidente da União das Freguesias do Barreiro e Lavradio, Ana Porfírio, ouviram os munícipes, responderam às questões colocadas e anotaram as sugestões de modo a analisar com os respetivos serviços.

O Presidente da Autarquia realçou a importância do incremento da atividade económica e das acessibilidades. Neste sentido abordou o tema do Terminal Multimodal do Barreiro, considerando-o como uma “atividade âncora” e explicou aos munícipes o ponto de situação relativamente a concursos públicos para o estudo de impacto ambiental e estudo prévio. “O Terminal deve ser um investimento que permita que outros investimentos venham por arrasto”.

Em termos de acessibilidades, falou sobre a importância da construção da ponte para o Seixal e da ligação à Ponte Vasco da Gama. Por outro lado, salientou que a construção do Terminal terá em conta o corredor para a Terceira Travessia do Tejo para que “no futuro possa ser construída”.

O Autarca falou ainda de obras e projetos em curso ou previstos no Concelho do Barreiro, nomeadamente a muralha da Rua do Clube Naval, estacionamento em Alburrica, recuperação do moinho de maré pequeno e da zona envolvente, requalificação da Rua Almirante Reis, arranjos exteriores junto ao Forum Barreiro e ligação ao Largo Alexandre Herculano, instalação da esquadra da PSP no Café Barreiro, requalificação da Avenida das Nacionalizações, entre outros.

No período de debate, foram vários os munícipes que consideraram interessante e pertinente o incremento da atividade turística no Barreiro, ligado às questões do património histórico e industrial. Neste sentido, a Vereadora Regina Janeiro informou sobre o projeto “BARREIRO MEMÓRIA E FUTURO”, que será apresentado no dia 2 de junho, pelas 18h00, no Espaço Memória. Recorde-se que este projeto visa a implementação da candidatura aprovada no valor de mais de 400 mil euros e elaborada no âmbito do Programa Operacional Regional de Lisboa do Quadro de Referência Estratégico Nacional – QREN em execução até ao final do mês de junho de 2015. Através das ações concretizadas nesta candidatura que apostam no património local, o Barreiro pretende reforçar e promover a sua identidade potenciando nomeadamente o seu património ferroviário, industrial e ambiental, valorizando a importância simbólica da memória coletiva na construção do futuro do Concelho.

Recorde-se que o Roteiro do Barreiro está a decorrer desde o dia 25 de maio com diversas visitas e contactos com instituições e coletividades da Freguesia.

No dia 27, eleitos da Câmara Municipal e da União de Freguesia do Barreiro e Lavradio visitaram o Bairro das Palmeiras, nomeadamente o Grupo Desportivo 1.ª de Maio, o Grupo Desportivo Operário “Os Vermelhos” e o Centro de Animação Infantil Comunitário. Este último equipamento municipal tem cerca de 20 alunos do pré-escolar. No mesmo dia, os autarcas reuniram com a administração do Forum Barreiro a falaram sobre a abertura de dois concursos públicos para os arranjos exteriores junto ao Forum e a ligação ao Largo Alexandre Herculano.

No dia 28 de maio, teve lugar uma visita ao Centro de Produção e Participação Artística (Escola Conde Ferreira). Recorde-se que este projeto surgiu na sequência do CLDS + (que envolve a Rumo, como entidade coordenadora, e o Centro Padre Abílio Mendes), estabelecendo-se uma parceria entre a Rumo e as associações culturais Hey Pachuco e Out.ra. Na conversa entre eleitos e responsáveis destas entidades, foi abordado o final do CLDS + no próximo mês, sendo importante, de modo a dar continuidade ao apoio às famílias abrangidas, a realização de novos protocolos ou projetos com a Segurança Social. De seguida, os eleitos visitaram Luso Futebol Clube, onde falaram, entre outros assuntos, sobre os projetos e atividades desportivas desenvolvidas pela coletividade.

Ainda no dia 28, decorreu uma reunião com representantes do Movimento Associativo, na Sala de Sessões dos Paços do Concelho onde foram abordados, entre outros temas, obras e projetos em curso ou previstos para o Barreiro.

Partilhe esta notícia