A Divisão de Águas e Saneamento da Câmara Municipal do Barreiro (CMB) sintetizou, no relatório anual de 2014, a informação mais relevante relativa à qualidade da água para consumo humano no Município do Barreiro. De acordo com este documento, agora tornado público, no ano de 2014, a percentagem de cumprimento dos valores paramétricos definidos pelo Decreto-Lei n.º 306/2007, de 27 de Agosto, foi de 99,66.

A gestão da qualidade da água no sistema de abastecimento do Município do Barreiro, desde a origem até à torneira do consumidor, é garantida através da aplicação de inúmeras medidas, tais como o recurso a tecnologias de tratamento adequadas, face à qualidade da água captada e à qualidade da água que se pretende para consumo humano, passando pela aplicação de práticas de manutenção preventiva e corretiva, monitorização em contínuo de parâmetros da qualidade da água em locais estratégicos do sistema de abastecimento e pela realização de estudos/projetos visando a melhoria da qualidade da água abastecida.

De acordo com o referido relatório, no ano de 2014 a percentagem de cumprimento dos valores paramétricos definidos pelo Decreto-Lei n.º 306/2007, de 27 de Agosto, foi de 99,66, podendo assim afirmar-se que a qualidade da água para consumo humano, distribuída pela Câmara Municipal do Barreiro, medida pela percentagem de análises em conformidade com os requisitos de qualidade, tem vindo a melhorar significativamente nos últimos anos, colocando-se até numa posição de destaque no panorama nacional, como se prova pela entrega à CMB dos prémios (selos) de Qualidade Exemplar da Água para Consumo Humano, em dois anos consecutivos. Refira-se que em 2014 foram realizadas 4.271 determinações analíticas, entre parâmetros microbiológicos, químicos e indicadores, em amostras de água colhidas em toda a extensão do sistema de abastecimento público do Município do Barreiro.

 

Fonte: CMB

Partilhe esta notícia