O Centro de Educação Ambiental da Câmara Municipal do Barreiro lançou, em junho, uma campanha de solidariedade denominada ‘Machada Solidária’.

Arroz, massa, bolachas, conservas, leite são apenas alguns exemplos de alimentos não perecíveis que podiam ser oferecidos. Em troca, as famílias eram convidadas a participar nas diversas atividades gratuitas que decorreram durante os fins-de-semana de junho.

A população aceitou o repto e foram recolhidos mais de 140kg de alimentos, que foram entregues, posteriormente, ao Centro Social Paroquial Padre Abílio Mendes.

De acordo com o vereador do Ambiente da Câmara Municipal do Barreiro, Bruno Vitorino, a iniciativa irá repetir-se.

“A iniciativa permitiu que a população do Barreiro se unisse em torno de uma causa: a solidariedade para com os mais carenciados”, sublinhou o Padre Rui Simão.