A Câmara Municipal de Almada tornou público, na sua página do Facebook, um anúncio a pedir voluntários para trabalhar no Festival Sol da Caparica, um festival de verão organizado pela própria Câmara.

A Concelhia de Almada do Bloco de Esquerda não pode deixar de manifestar a sua preocupação com o conteúdo deste anúncio.

Compreendemos e saudamos a proposta de realização de um Festival em Almada, justificada pela necessidade de promover os potenciais turísticos da Costa da Caparica. O que motiva a nossa preocupação é que, com o objectivo de baixar custos, se utilizem jovens voluntários para ocupar o que poderia ser um posto de trabalho com direito a salário digno.

A precariedade que rouba o futuro aos jovens tem vindo a assumir novas formas, para além dos falsos recibos verdes, deparamo-nos agora com falsas formações e falsos voluntariados.

O Grupo Municipal do BE já solicitou à Câmara Municipal de Almada um cabal esclarecimento sobre a natureza deste trabalho voluntário, tendo hoje mesmo remetido um Requerimento em que se pede resposta às seguintes questões:

1. Qual a duração do trabalho voluntário no Festival Sol da Caparica? Será exclusivo aos dias de realização do Festival? Haverá trabalho voluntário antes, durante e depois do Festival?
2. Que contrapartidas oferece a autarquia aos voluntários?

 

 

Fonte : Bloco de Esquerda / Distrital Setúbal

Partilhe esta notícia