O Corpo de Bombeiros do Sul Sueste, conjuntamente com o Corpo de Bombeiros do Barreiro (Corpo de Salvação Pública), realizou no dia 6 de dezembro, no âmbito do Plano de Emergência Interno da Transtejo/Soflusa, um exercício de simulacro de incêndio na casa da máquina de um navio de passageiros.

O simulacro foi concretizado perante um cenário que resultou da simulação de um incêndio na casa da máquina de um dos navios de passageiros da Soflusa (catamarã da classe Damen), visando testar a capacidade de resposta da Transtejo/Soflusa e dos dois Corpos de Bombeiros do Barreiro, após 1o intervenção mal sucedida com os meios a bordo. O simulacro incluiu ainda a prestação de socorro a um tripulante sinistrado com posterior evacuação para unidade hospitalar.

O simulacro permitiu avaliar as ações de resposta do Terminal do Barreiro e da Inspeção da Via Fluvial no que respeita à disponibilização de posto de acostagem ao navio sinistrado, bem assim como ao desembarque dos passageiros e acesso dos bombeiros e dos meios de combate a incêndios ao navio.

O exercício de simulacro, cujo comando das operações de socorro foi assumido pelo 2o Comandante do CB Barreiro (CSP), envolveu diretamente sete veículos operacionais dos dois Corpos de Bombeiros do Barreiro: dois Veículos Urbanos de Combate a Incêndios (VUCI), quatro Ambulâncias de Emergência (ABSC) e um Veículo de Comando Operacional Tático (VCOT), e cerca de 25 bombeiros.

Partilhe esta notícia