A equipa dos Bombeiros Sapadores de Setúbal, que venceu a primeira edição portuguesa do Firefighter Combat Challenge, rumou aos Estados Unidos da América para representar o nosso país no evento internacional que decorre em Phoenix até ao próximo domingo, 9 de novembro.

O bom desempenho da equipa portuguesa já assegurou a presença da equipa nacional na grande final. É a primeira vez que o nosso país está representado nesta competição que reúne bombeiros oriundos de todo o mundo.

Pedro Gomes, um dos elementos da equipa refere que “ é um grande orgulho e uma grande responsabilidade representar todos os nossos colegas portugueses nesta importante competição que demonstra um pouco do que fazemos no dia-a-dia. O fato de termos conseguido o apuramento para a final revela que nós, bombeiros portugueses, temos um alto nível de preparação e estamos ao mesmo nível dos outros países”.

A equipa de Setúbal leva de Alcobaça, onde se realizou a prova portuguesa em maio deste ano, um tempo total de 1,15 min para completar o circuito de cinco provas que constituem o desafio. O atual record mundial está fixado nos 1,12 min, boas perspetivas para que a equipa portuguesa consiga um lugar de destaque face aos concorrentes de outras nacionalidades.

Neste evento, de origem norte-americana com presença habitual em vários países, como França, Alemanha, Estados Unidos da América, Canadá, Argentina, África do Sul, Nova Zelândia, e Austrália, são postas em prova as aptidões físicas e psicológicas dos bombeiros.

O objetivo é demonstrar à generalidade da população o rigor exigido no desempenho de diversas tarefas inerentes a esta nobre profissão, num ambiente de saudável competição.

Será vencedora a equipa que carregar uma mangueira de 70 milímetros e 19 quilos até ao topo de uma torre de 12 metros de altura; utilizar um martelo com 5 quilos para empurrar uma barra de metal de 72 quilos ao longo de 1,4 metros, e evacuar um ferido, simulado por um boneco de 80 Kg, em menor tempo.

O Firefighter Combat Challenge é uma prova considerada como “os dois minutos mais duros do desporto” e há 12 anos que tem cobertura televisiva internacional pela cadeia norte-americana ESPN.

 

 

Sobre o Firefighter Combat Challenge Portugal

Criado há mais de uma década nos Estados Unidos pela OTC / First Responder Institute, o Firefighter Combat Challenge chegou a Portugal através da multinacional luso-americana RedSwat. A primeira edição realizou-se em 2014 em Alcobaça e com o apoio da Liga dos Bombeiros Portugueses.

Ao trazer este evento para o país a RedSwat pretende contribuir para o aperfeiçoamento das técnicas e táticas utilizadas pelos bombeiros portugueses no combate a sinistro urbano, levando a todo o Mundo aquilo que os profissionais portugueses executam no dia-a-dia em defesa das populações. Em 2015 vamos assistir à segunda edição desta prova em Portugal.

Partilhe esta notícia