O vereador do PSD na Câmara Municipal do Barreiro, Bruno Vitorino, vai apresentar esta quarta-feira, em sessão de câmara, um conjunto de medidas para combater o “flagelo” dos grafittis que assola o concelho.

O combate aos grafittis, não confundir os mesmos com arte urbana, tem vindo a ser feito pelo social-democrata, ao longo dos últimos anos, tendo sido aliás um dos principais temas focados na última campanha eleitoral autárquica.

“O Barreiro encontra-se num estado crítico de vandalismo e poluição visual causada pela evidente propagação dos grafittis e tags nas fachadas dos edifícios públicos e privados, o que contribui para uma imagem de degradação, sujidade e abandono da cidade, constituindo um verdadeiro impacto no erário público e nos orçamentos familiares dos habitantes, uma vez que todos são forçados a despender verba para os remover”, sublinha.

Por isso, e por entender que cabe à Câmara Municipal do Barreiro defender o seu património e os interesses dos seus munícipes, o vereador do PSD propõe um pacote de medidas, que passam pela criação de uma equipa da autarquia especializada na limpeza de paredes e remoção de grafittis, por um programa público de apoio com cedência de materiais para que os munícipes limpem as suas próprias fachadas, pela aplicação de coimas por parte da Câmara Municipal e pela elaboração de campanhas de sensibilização destinadas à população mais jovem da cidade.

“Entendo que estas são propostas que visam proteger o espaço público e o património dos cidadãos. Cabe agora às outras forças políticas, em especial à que gere os destinos da autarquia, decidirem o que querem para o concelho e para os munícipes, não voltando a chumbar esta proposta como aconteceu no passado. Não deixarei de continuar a exigir um Barreiro limpo e com regras”, garante Bruno Vitorino.

Partilhe esta notícia