O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) e a Câmara de Grândola assinaram ontem, dia 25 de julho, um protocolo de colaboração que permitirá a criação de dois cursos técnicos superiores profissionais (CTeSP) em Gestão Turística e Produção Aeronáutica, áreas consideradas de interesse estratégico para aquele concelho do distrito de Setúbal.

 

Firmado no edifício dos Paços do Concelho, pelo presidente do município, António Figueira Mendes, e pelo presidente do IPS, Pedro Dominguinhos, o documento considera a “especificidade do concelho de Grândola, com eixos de desenvolvimento estratégicos assumidos e de elevado potencial, que carecem de uma articulação institucional forte e duradoura”, e justifica o reforço das relações entre as entidades signatárias “com o objetivo de responder à matriz de desenvolvimento da região e à sua estratégia de especialização inteligente”.

Os dois cursos previstos, de nível superior, visam reforçar a qualificação dos recursos humanos locais para o aproveitamento das possibilidades abertas em setores como a aeronáutica e o turismo, “onde o concelho é já referência e apresenta fortes indícios de crescimento”. Além dos CTeSP, o protocolo prevê ainda a organização de cursos de formação não formal, tais como colóquios, conferências e seminários, bem como odesenvolvimento de projetos de investigação aplicada nas áreas de interesse para a região.

 

 

Créditos das fotos: Câmara Municipal de Grândola