A celebração de um protocolo de colaboração com o Instituto Superior Técnico, de caráter pioneiro, para a valorização de Setúbal como um destino turístico sustentável, foi aprovada ontem, em reunião pública, pela Câmara Municipal.

O acordo, centrado nos serviços de turismo, visa a aplicação do “LiderA”, um sistema de avaliação e reconhecimento voluntário da construção sustentável, desenvolvido por aquele instituto superior de Lisboa.

O sistema, que preconiza o reposicionamento do ambiente na construção pelo incremento dos princípios da sustentabilidade, configura-se como um processo para liderar pelo ambiente e abrange a gestão do destino turístico sustentável.

O “LiderA” estabelece indicadores e orientações que auxiliam a procura de sustentabilidade na rede de serviços turísticos, tais como o alojamento, a restauração e os transportes, a par de outras atividades.

Este projeto é assumido pela Câmara Municipal de Setúbal como uma mais-valia, uma vez que tem vindo a promover e a dinamizar, ao longo dos últimos anos, uma política de desenvolvimento sustentável em diversas áreas, nomeadamente no turismo.

A deliberação camarária sublinha “a importância em possuir no concelho uma rede de serviços e atividades turísticas com certificação ambiental de sustentabilidade”, de promoção do bom desempenho ambiental, a par de novas dinâmicas económicas.

No âmbito desta colaboração, o Instituto Superior Técnico compromete-se a realizar ações de formação junto dos serviços locais que adiram ao projeto de valorização de Setúbal como um destino turístico sustentável.

A elaboração de orientações técnicas para melhorar a eficiência ambiental e a sustentabilidade e a participação em workshops e conferências são atividades previstas no desenvolvimento deste protocolo.

 

 

Fonte: CMSetúbal

 

Partilhe esta notícia