Na reunião de câmara de 1 de abril, a Câmara Municipal do Montijo decidiu, por unanimidade, atribuir 166 mil euros às duas corporações de bombeiros voluntários do concelho. 

Aos Bombeiros Voluntários de Canha foi concedida uma verba de 106 mil euros para aquisição de um veículo de combate a incêndios. A viatura destina-se a substituir outra que já está ao serviço da corporação há quase 34 anos. Esta decisão procura dotar, atempadamente, a corporação de um veículo indispensável para a época de fogos florestais, representando um reforço nos meios ao serviço da defesa e salvaguarda das populações.

Por sua vez, os Bombeiros Voluntários do Montijo irão receber 60 mil euros (5 mil euros por mês) para a criação de um Piquete de Prevenção Permanente. Este apoio tem efeitos retroativos a janeiro de 2020 e é realizado através de adenda ao protocolo de colaboração existente entre a instituição e o município. O Piquete de Prevenção Permanente será composto por cinco bombeiros que possam intervir e responder ao socorro às populações no período noturno, feriados e fins de semana.

Estes dois apoios reforçam os meios humanos, materiais e operacionais das corporações de bombeiros voluntários do concelho, numa época em que também estas instituições enfrentam dificuldades na obtenção de receita devido à COVID-19, pois o transporte de doentes não urgentes encontra-se praticamente parado. 

Ao longo dos últimos anos, a câmara municipal tem assumido uma política ativa no apoio aos agentes de proteção civil do concelho, em particular aos bombeiros, através do reforço financeiro dos protocolos de cooperação, do financiamento das equipas de intervenção permanentes e de diversos apoios financeiros para aquisição de viaturas e ambulâncias.