A Câmara Municipal de Setúbal vai dar início ao processo de aquisição do edifício EDP, na Avenida dos Ciprestes, após a aprovação ontem, em reunião pública ordinária, da abertura de um concurso público para a contratação de leasing imobiliário.

 

A autarquia pretende transferir para o imóvel os serviços municipais que se encontram disseminados por vários edifícios espalhados pela cidade, situação que provoca “constrangimentos de diversa ordem”, nomeadamente “dificuldades de articulação entre os próprios serviços” e, “acima de tudo, enormes transtornos para todos os munícipes”.

 

A decisão de adquirir o edifício da EDP Distribuição – Energia, S.A., sito na Avenida Ciprestes, 15, e Rua D. Ana Broughton Gamito, tem como objetivo aumentar a eficiência e eficácia dos serviços municipais a transferir, através da diminuição dos custos diários que a atual disseminação acarreta.

 

O equipamento, utilizado desde 1990 pela EDP, encontra-se em “excelente estado de conservação” e possui “uma posição geográfica privilegiada no que concerne às acessibilidades e ao estacionamento”.

 

A proposta aprovada ontem sublinha ser do “interesse municipal” a aquisição do imóvel e que se “encontram reunidas as condições” para o fazer, por via de financiamento de leasing imobiliário para o qual vai ser aberto um concurso público.

 

A contratação do leasing imobiliário, indica a proposta, tem o preço base de 2 milhões e 600 mil euros.

 

Partilhe esta notícia