Defesa da Floresta contra Incêndios – «Não brinque com o fogo … ele não sabe brincar!»

À semelhança de anos anteriores, nesta altura do ano, o Gabinete Técnico Florestal Intermunicipal do Barreiro e Moita, localizado nos Paços do Concelho, na Rua Miguel Bombarda, Barreiro, veicula junto da população de ambos os concelhos, informação relacionada com a defesa da floresta contra incêndios.

 

A floresta é um património essencial ao desenvolvimento sustentável de um País. Consciente de que os incêndios florestais constituem uma séria ameaça à floresta portuguesa, que compromete a sustentabilidade económica e social nacionais, existem estratégias e procedimentos articulados e metódicos que as forças de socorro, designadamente os serviços municipais de Protecção Civil, cumprem, anualmente, nos períodos críticos.

 

Com vista a fomentar uma gestão ativa da floresta, criando condições propícias para a redução progressiva dos incêndios florestais, a população também tem um importante papel a cumprir.

Proteger a floresta do fogo baseia-se na adoção de algumas ações preventivas, medidas de simples bom senso, sempre que haja risco de incêndio e sobretudo durante os períodos mais quentes e secos.

 

O alerta poderá ser dado para o número 112.

O informador deverá ser tão claro e preciso quanto possível nas informações que fornecer. Quem detetar um incêndio deverá tentar salvaguardar o seu local de início para que posteriormente se possam desenvolver ações de investigação das suas causas. Do mesmo modo, qualquer utilizador da floresta deverá efetuar todos os esforços para proteger o espaço florestal de todo e qualquer dano ambiental, se testemunhar algum ato danoso para o ambiente, quer relacionado com incêndios florestais ou não, ligue SOS ambiente e território. 808 200 520 é um número de telefone disponível 24 horas por dia durante todo o ano, da GNR-SEPNA, através do qual poderá expor situações que possam violar a legislação ambiental e os instrumentos de ordenamento do território.

Partilhe esta notícia