Os campos de férias na Mata da Machada atingiram este verão um número recorde, com 160 participantes,  entre os 6 aos 15 anos de idade.

Segundo o Vereador Bruno Vitorino, para além das 150 crianças, com idades entre os 6 e os 12 anos, o Centro de Educação Ambiental da Mata da Machada e do Sapal do Coina, realizou pela primeira vez um campo de férias destinado a 10 jovens dos 13 aos 15 anos.

“Podemos dizer que mais uma vez esta iniciativa foi um sucesso a par de anos anteriores. Prova disso foi que as inscrições esgotaram antes do início dos campos de férias”, sublinha.

Mais uma vez a Câmara Municipal do Barreiro promoveu descontos para crianças com o abono de família e para os trabalhadores dos Serviços Sociais das Autarquias do Barreiro.

“Os campos de férias na Mata da Machada começam a ser uma tradição e já fazem parte dos tempos livres de muitas crianças durante o período de verão”, refere Bruno Vitorino.

O Vereador destaca ainda o “excelente trabalho” realizado pelos monitores da Associação dos Amigos da Mata da Machada, bem como a parceria com a Escola de Fuzileiros, que permitiu que as crianças pudessem utilizar a piscina, visitar o Museu e fazer uma pernoita nas suas instalações.

Importa ainda referir que nestas campos de férias participaram crianças integradas no Instituto dos Ferroviários, Casa dos Rapazes e acompanhadas pela CPCJ e pelo Projecto Cumplicidades E6G (Programa Escolhas).

Todos os anos os Campos de Férias na Mata da Machada proporcionam atividades muito diversas: desde jogos em contacto com a natureza, ateliers de culinária, oficinas lúdico-pedagógicas sobre a temática do ambiente, actividades de controlo de espécies invasoras (integradas no Projecto LIFE Biodiscoveries), escalada, piscina, entre muitas outras.

Partilhe esta notícia