O ex-deputado do PS Henrique Neto e atual candidato a Belém considera que construir um terminal de contentores no Barreiro “não serve para nada”, sublinhando que terão de ser “bem explicados ao país” quais são os objetivos e os custos de os grandes investimentos.

“No momento em que todas as grandes cidades estão a tirar as grandes infraestruturas para fora, nós queremos fazer um grande porto no Barreiro. Para que serve? Em que estratégia é que se insere?”, questiona o candidato em declarações ao Jornal de Negócios.

Em resposta ao secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, que disse que se tratava de um “investimento privado”, Henrique Neto realçou que “se existe investimento privado interessado no porto, era interessante que dissessem qual é o objetivo”.

Sem esconder o desagrado para com o interesse na construção do terminal do Barreiro, o candidato a Belém mostra-se, no entanto, favorável ao investimento no terminal de contentores de Sines, que considera poder ser um grande motor de investimento estrangeiro, atraindo novas indústrias para o País.

“Já perguntei ao primeiro-ministro porque não foi aprovado o investimento de 130 milhões da PSA no alargamento do cais do porto de Sines. E há ainda o investimento no cais seguinte, o Vasco da Gama”, remata.

Partilhe esta notícia