A Câmara Municipal de Setúbal aprovou ontem, em reunião pública, a apresentação da candidatura da Praia da Figueirinha à Bandeira Azul 2015.

Sob o tema “Faz da praia a tua mudança”, as candidaturas devem obedecer a um conjunto 28 critérios num universo de 32, relacionados com padrões ambientais, de segurança, de conforto dos utentes e de informação e sensibilização ambiental, para poderem aceder ao galardão europeu que premeia praias e portos de recreio.

Relativamente à “Informação e educação ambiental” devem estar afixadas informações, nomeadamente, sobre a qualidade da água e sobre o programa Bandeira Azul, assim como um mapa indicativo das diversas instalações e equipamentos na zona balnear, entre outros.

No que respeita à “Qualidade da água”, a praia deverá cumprir as normas e legislação relativas à frequência e amostragem da qualidade da água e à ausência absoluta de descargas de águas residuais industriais ou urbanas na área.

A necessidade de manter a praia limpa, a existência de equipamentos para recolha seletiva de embalagens, assim como a existência de instalações sanitárias em número suficiente são alguns dos critérios ligados à “Gestão Ambiental e Equipamentos”.

Quanto à “Segurança e Serviços”, a existência de nadadores salvadores durante toda a época balnear com o respetivo equipamento de salvamento, a existência de um serviço de primeiros socorros na praia, bem como a existência de uma fonte de água potável devidamente protegida concluem uma vasta lista de itens.

A Câmara Municipal de Setúbal considerou estarem reunidas as condições para a entrega da candidatura para a atribuição da Bandeira Azul à Praia da Figueirinha, pelo sétimo ano consecutivo.

Partilhe esta notícia