No próximo sábado, 16 de agosto, entre as 16h e as 24h, a freguesia de Canha, no Montijo, vai receber a 1ª Edição da Feira de Agosto, uma recriação histórica da Feira Anual que existiu na região no século XX que visa preservar e divulgar a memória coletiva da comunidade canhense.

A Feira pretende ser, segundo Micaela Sécio, responsável da Santa Casa da Misericórdia de Canha, “uma montra do que melhor se faz em canha”, por isso no dia 16 de agosto será possível encontrar para além de peças de artesanato, criadas por pessoas da região, diversos produtos gastronómicos, nomeadamente compotas, licores, vinho e azeite. Todos os produtos expostos serão apregoados pelos comerciantes em “Mil Reis”.

Os trajes dos participantes que darão cor e animação à Feira de Agosto correspondem à época que está a ser retratada. Por isso, se pretende visitar o evento, saiba que no caso das mulheres, a saia rodada comprida, o lenço nas costas e o carrapito voltarão a estar a estar na moda por um dia, e no caso dos homens regressará o tradicional colete.

A iniciativa é promovida pela Santa Casa da Misericórdia de Canha, que comemora no próximo sábado 398 anos, em parceria com a Junta de Freguesia de Canha.

No âmbito da Feira da Gosto, decorrerá, ainda, o 1º Festival de Folclore do Rancho Folclórico e Etnográfico São Sebastião Danças e Cantares da Freguesia de Canha. De acordo com Micaela Sécio, a Santa Casa da Misericórdia pretende que as duas iniciativas casem-se para que este seja “um evento único” e “com continuidade” que promova a cultura tradicional da região.

Partilhe esta notícia