Uma mulher de 53 anos e o seu marido, de 54 anos, morreram na passada segunda-feira em Sevilha, num acidente que causou a morte a mais dois cidadãos espanhóis. A filha do casal, de 23 anos, que seguia também na viatura, está internada na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital Virgem del Rocio.

Uma fonte próxima do casal confirmou ao Distritonline que a família, agora desfeita, vivia no Barreiro e encontravam-se em Espanha de férias.

Segundo a agência espanhola Europa Press, o estado de saúde da jovem portuguesa, que viajava no banco do pendura, “é atualmente estável”, depois de ter sido submetida a uma intervenção cirúrgica.

De acordo com informações preliminares avançadas pela polícia local, o acidente ocorreu no quilómetro 707,4 da autoestrada A66, perto da localidade de El Ronquillo, quando, o carro em que viajava a família portuguesa em direção a Sevilha, um Ford Fiesta, despistou-se e galgou os separadores embatendo de frente num Toyota Avensis, que circulava no sentido contrário. O casal espanhol, de 63 e 64 anos, que seguia na viatura acabou por falecer no local.

Na sequência do embate, a viatura espanhola acabou por embater num terceiro veículo, um Volvo, que seguia também em direção a Mérida. O único ocupante do Volvo, um jovem de 26 anos, sofreu ferimentos ligeiros.

 

Partilhe esta notícia