Comissão Política Distrital de Setúbal do CDS-PP está preocupada com o acidente ocorrido esta semana na fábrica Sapec, em Mitrena, devido à elevada concentração de gases tóxicos, nomeadamente dióxido de enxofre, que com as deslocações do vento se dirigiram para as zonas de grande concentração populacional.

 

João Viegas, líder da estrutura Distrital, pretende saber junto das entidades competentes, em concreto a Direção-Geral da Saúde e a Autarquia setubalense, o nível de perigosidade a que as populações estão expostas e se existe algum plano de emergência em curso para minimizar os potenciais impactos negativos que acidentes deste tipo causam.

 

Na mesma linha, Nuno Magalhães, Deputado eleito por Setúbal, entende que devem ser dadas todas as informações adequadas e que possam esclarecer as populações das zonas afetadas acerca das medidas a tomar, quer como prevenção quer em termos de atuação, em consequência de danos decorrentes da exposição à matéria tóxica.

 

Para o CDS-PP, o encerramento das escolas é bem notório do estado critico da situação, tornando-se necessário saber se os níveis de concentração da substância em causa estão ou não dentro dos limites aceitáveis.

 

Partilhe esta notícia