O Centro de Educação Ambiental (CEA) da Mata da Machada e do Sapal do Rio Coina acabou de lançar uma coleção de dez ímanes alusivos às aves da Mata da Machada. Esta iniciativa, integrada numa estratégia mais alargada de promoção da Reserva Natural Local do Barreiro, visa dar a conhecer um pouco da biodiversidade que podemos encontrar no concelho.

O vereador do PSD na Câmara Municipal do Barreiro, Bruno Vitorino, responsável por esta área protegida, sublinha que “num contexto de crise financeira, que afeta famílias, empresas e instituições, e em que a autarquia não é exceção, continua a ser importante apostar na dinamização, valorização e proteção do nosso património natural”.

O social-democrata refere que com “uma redução superior a 40% no orçamento disponível para esta área, com menos pessoas, com mais responsabilidades, com a aprovação do projeto LIFE, mantivemos tudo o que fazíamos antes e continuamos a inovar, dando continuidade e melhorando o nosso trabalho”.

“Isto implica mais empenho, mas também a adoção de uma abordagem diferente, onde a população é chamada a colaborar seja através de ações de voluntariado, seja através do contributo direto, nomeadamente na aquisição de produtos relacionados com a Reserva Natural Local”, adianta.

Estes ímanes podem ser adquiridos individualmente pelo valor de 1€ ou numa coleção de 10 ímanes por 8€, estando à venda no Posto de Turismo da CMB.