“Modernizar para melhor cuidar” é o lema de segunda candidatura do Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) ao Lisboa2020, Programa Operacional que prevê a aquisição de novos equipamentos e substituição de outros já existentes, que permitam a modernização tecnológica de diagnóstico e terapêutica, garantido desta forma inovação e cuidados de saúde de qualidade.

 

De acordo com os estudos epidemiológicos existentes, uma das maiores causas de mortalidade da população dos concelhos do Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete são as doenças de foro oncológico. Assim sendo, é fundamental que o CHBM promova a atualização tecnológica de diagnóstico e terapêutica altamente especializada nesta área.

 

Com esta candidatura, pretende-se adquirir um novo acelerador linear para o Serviço de Radioterapia, um mamógrafo para o Serviço de Imagiologia e um ecógrafo para o Serviço de Ginecologia, substituindo os equipamentos existentes. Em termos financeiros, esta candidatura representa um montante de cerca de 3 milhões de euros.

 

Este investimento irá garantir um upgrade fundamental no parque tecnológico do CHBM, com a aquisição de equipamentos de maior e melhor acuidade diagnóstica e terapêutica, que se traduzirão numa melhoria dos cuidados de saúde à população servida, garantido uma resposta mais adequada às necessidades dos utentes.

 

Recorde-se que, em 2017, o Centro Hospitalar Barreiro Montijo apresentou também uma candidatura ao Programa Lisboa2020. O montante aprovado foi na ordem dos 790 mil euros, tendo adquirido 18 equipamentos, mais dois do que os previstos inicialmente, para os serviços de Anatomia Patológica, Bloco Operatório, Cardiologia, Oftalmologia, Gastrenterologia, Imagiologia, Pneumologia e Unidade de Cuidados Intensivos (UCI).

Partilhe esta notícia