A CIMAL – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral, deu hoje a conhecer o Plano Estratégico de Desenvolvimento do Alentejo Litoral 2014-2020 no Auditório da Administração dos Portos de Sines e do Algarve SA.

A sessão de abertura contou com a participação de João Franco, presidente da APS, Nuno Mascarenhas, Presidente do Município de Sines e Vítor Proença, Presidente do Conselho Intermunicipal da CIMAL.

O Plano Estratégico do Alentejo Litoral resulta da ampla participação dos agentes relevantes do território das esferas pública, privada, associativa e cooperativa, que se uniram com o objetivo de construir uma região mais coesa, mais próspera, mais competitiva e mais inclusiva.

Durante a cerimónia foi assinada a Carta de Compromisso para o Desenvolvimento Integrado entre a CIMAL, os Municípios de Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém, Sines e Odemira e quase meia centena de entidades que compõem o Conselho Estratégico para o Desenvolvimento Intermunicipal.

Esta Carta de Compromisso para o Desenvolvimento Integrado Alentejo Litoral 2020 é a consequência natural do trabalho de planeamento estratégico desenvolvido, evidenciando o empenho dos Municípios e dos parceiros do território na prossecução dos objetivos estratégicos definidos.

Uma vez que o Plano Estratégico corresponde a uma visão para o Alentejo Litoral, não sendo um plano para a absorção de fundos comunitários, o documento assinado enumera um conjunto de compromissos assumidos por todas as entidades no sentido de todas trabalharem para um Alentejo Litoral mais coeso, mais sustentável e mais inclusivo, tirando maior partido das suas potencialidades endógenas e robustecendo a identidade sub-regional.

Na cerimónia, que foi encerrada pelo Secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Manuel Castro Almeida, participaram ainda António Dieb, presidente da CCDR Alentejo e Augusto Mateus, da Direção do Plano Estratégico.

Partilhe esta notícia