Os Presidentes dos Municípios do Alentejo Litoral, reunidos na CIMAL – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral, anunciaram hoje que solicitaram uma nova audiência ao ministro Pires de Lima.

Recorde-se que, os presidentes dos municípios de Alcácer do Sal, Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines foram recebidos por Pires de Lima em 6 de fevereiro de 2015, numa audiência em que se abordaram, sobretudo, questões relacionadas com as acessibilidades rodoviárias. Contudo, nessa reunião o ministro da Economia, reconhecendo a relevância da ferrovia Sines – Elvas para o Alentejo Litoral, para a competitividade do Porto de Sines e para o País, deixou, de acordo com os autarcas, “a garantia de que a ligação ferroviária seria construída, antevendo-se um traçado Sines/Casa Branca e Évora/Elvas, sem que passasse no Poceirão”.

Posteriormente, o Conselho Intermunicipal da Comunidade do Alentejo Litoral pediu uma audiência ao secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro, mas até à data não receberam “qualquer resposta”.

“Dadas as notícias que têm surgido na comunicação social sobre a construção da ferrovia Sines – Elvas, sugerindo que são conhecidos mais detalhes sobre o projeto que à data da audiência ocorrida com Pires de Lima, e face à ausência de resposta do Secretário de Estado Sérgio Monteiro, o Conselho Intermunicipal decidiu pedir nova audiência ao ministro da Economia”, explicam, enaltecendo que “este é um assunto do maior interesse da sub-região, devendo por isso ser acompanhado pelos eleitos locais na prossecução do desenvolvimento económico e dos território e na defesa do interesse geral e das populações”.

Partilhe esta notícia