Para assinalar a Quinta-feira de Ascensão, cujas práticas religiosas e tradicionais estão ainda bem enraizadas na comunidade, a Câmara Municipal promove uma caminhada para a apanha da Espiga, no dia 14 de maio, quinta-feira, das 9 às 12 horas.

Partindo do Facho de Santana, são propostos dois percursos circulares de distância e dificuldade distintas: 1,2 quilómetros (nível baixo) e 3,2 quilómetros (nível médio).

Os participantes devem fazer-se acompanhar de água e devem utilizar vestuário e calçado adequado à época e à atividade. A participação é livre.

Ponto de encontro: Moinhos do Facho de Santana, às 8.45h

Recorde-se que, o Dia da Ascensão, designado popularmente por Dia da Espiga, tem lugar 40 dias após o Domingo de Páscoa. Neste dia, é tradição colher-se um ramo nos campos, constituído por espigas de trigo (abundância de pão), tronquinho de oliveira (que simboliza a paz), papoilas (a alegria), malmequer branco (a prata) e malmequeres amarelos (o ouro).

O ramo da Espiga guarda-se dentro de casa, na cozinha ou na sala, por vezes atrás da porta ou junto de uma imagem religiosa, até ao ano seguinte.

Partilhe esta notícia