Comissões de Utentes do Litoral Alentejano

 

No dia 13 de janeiro de 2017, a Coordenadora das Comissões de Utentes do Litoral Alentejano reuniu com o Concelho de Administração da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano.

Dos diferentes assuntos abordados destacam-se os aspetos pelos quais se mantém a necessidade de luta.

No Alentejo Litoral, existem cerca de 30.000 utentes sem Médico de Família, pelo que exigimos a contratação de mais Médicos de Família.

 

No Concelho de Alcácer do Sal, os Utentes irão continuar a luta:

– Pela existência de uma Ambulância de Suporte Básico de Vida no Serviço de Urgência Básica do Centro de Saúde de Alcácer do Sal;

– Pela existência de uma Unidade Móvel de Saúde;

– Por uma Extensão de Saúde em Palma com condições condignas.

 

No Concelho de Grândola os Utentes irão continuar a luta:

– Por um Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Grândola a funcionar 24 horas;

– Por um Serviço de Enfermagem na Extensão de Saúde do Canal Caveira;

– Por uma nova Extensão de Saúde em Melides.

 

No Concelho de Odemira os Utentes irão continuar a luta:

– Pela ampliação da Sala de Espera do Serviço de Urgência Básica de Odemira;

– Por uma nova Extensão de Saúde em Saboia;

– Por uma nova Extensão de Saúde em Vila Nova de Milfontes.

 

No Concelho de Santiago do Cacém os Utentes irão continuar a luta:

– Por um novo Centro de Saúde em Santiago do Cacém;

– Pela reparação da Extensão de Saúde de Vila Nova de Santo André.

 

No Concelho de Sines os Utentes irão continuar a luta:

– Pela abertura IMEDIATA do novo Centro de Saúde.

 

No Hospital do Litoral Alentejano (H.L.A.) é inadmissível o incumprimento dos Tempos Máximos de Resposta Garantidos, mantendo longas listas/ tempos de espera para consulta, cirurgia e exames, nomeadamente:

– Cerca de 2 anos de espera para a realização de uma colonoscopia;

– Cerca de 1600 utentes em lista de espera para cirurgia oftalmológica.

 

No H.L.A. os Utentes irão continuar a luta:

– Pela Contratação de mais Médicos, Enfermeiros, Auxiliares e outros Profissionais de Saúde;

– Pela ampliação URGENTE do Serviço de Urgência.

– Pelo cumprimento dos Tempos Máximos de Resposta Garantidos nas consultas/cirurgias de algumas especialidades, tais como:

  • Cardiologia;
  • Gastrenterologia;
  • Medicina Interna;
  • Medicina Física e de Reabilitação;
  • Urologia;
  • Ortopedia;
  • Pediatria;

 

Com a luta já conseguimos alcançar alguns dos objetivos.

 

No Concelho de Alcácer do Sal:

– A construção da Extensão de Saúde do Torrão com abertura prevista para Junho de 2017;

– A realização de Cardiotocografia (C.T.G.) no Centro de Saúde de Alcácer do Sal.

 

No Concelho de Grândola:

– A abertura da Extensão de Saúde do Canal Caveira.

 

No Concelho de Odemira:

– A construção de uma nova Extensão de Saúde em Colos com abertura prevista para Julho de 2017.

 

A Coordenadora das Comissões de Utentes do Litoral Alentejano dá assim o exemplo de que vale a pena lutar e só com a luta se consegue a mudança pela melhoria do Serviço Nacional de Saúde na Região.

Apela-se a todos os Utentes para que continuem a luta, por um Serviço Nacional de Saúde Universal, Geral e Gratuito.

 

 

 

 

 

Partilhe esta notícia