O presidente da Distrital de Setúbal do PSD e deputado, Bruno Vitorino, garante que não está, nem nunca esteve, previsto o encerramento de qualquer maternidade no distrito de Setúbal.

 

O social-democrata explica que no seguimento da portaria 82/2014 que categoriza os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS), foi suscitada essa dúvida.

 

“Na interpretação de alguns partidos políticos, as maternidades iriam encerrar nos Hospitais de Grupo I. Apesar do esclarecimento público do Ministério da Saúde que tal não iria acontecer, esses partidos políticos têm insistido nessa matéria”, sublinha.

 

Numa reunião com o secretário de Estado da Saúde, onde foram abordadas váriasquestões relativas à Saúde na região, o dirigente do PSD obteve a confirmação de que não vão encerrar as maternidades dos Hospitais de Setúbal ou do Barreiro.

 

Bruno Vitorino lamenta no entanto que, apesar dos esclarecimentos, algumas forças políticas “continuem a organizar eventos e a apresentar documentos reafirmando que as mesmas vão encerrar, somente com o objectivo de alarmar a população”.

 

“É lamentável que o PCP, através de alegadas comissões de utentes, que não são mais do que satélites deste partido, continuem a intoxicar as populações com informações que já sabem ser falsas, e que visam unicamente instalar o pânico entre as pessoas”, critica.

 

Fonte: Distrital de Setúbal do PSD