João Viegas, Presidente da Comissão Política Distrital de Setúbal do CDS-PP, não compreende a posição manifestada pelos presidentes de sete dos nove municípios da Península de Setúbal quando contestam o Montijo como opção para a construção do novo aeroporto.

Um projeto ambicioso para o concelho e para a região de Setúbal, dinamizador e impulsionador do desenvolvimento local e do turismo, é uma oportunidade que não se pode desperdiçar, sob pena de se adiar ainda mais esse investimento tão benéfico quer para o Montijo quer para os concelhos limítrofes do distrito de Setúbal.

A CPD de Setúbal do CDS-PP estranha que esta posição venha de todas as autarquias lideradas pela CDU, sendo o município do Montijo liderado pelo socialista Nuno Canta, quando muitas dessas autarquias têm um vasto conjunto de projetos fundamentais para o seu desenvolvimento adiados e à espera de soluções.

O CDS-PP olha para a escolha Montijo como uma janela de oportunidades para a economia do distrito, considerando tratar-se de uma infraestrutura com a qual, desde que cumpra com todos os requisitos previstos na lei, toda a região direta ou indiretamente poderá vir a beneficiar.

Logo, o Presidente da CPD de Setúbal do CDS-PP entende que a posição conjunta da Associação de Municípios da Região de Setúbal e dos presidentes de câmara da CDU não faz qualquer sentido.

 

Partilhe esta notícia