A Empresa Riberalves, na Moita e Torres Vedras, foi condenada pela Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT), a uma contraordenação muito grave com uma coima por obstrução ao Plenário que ficou provado, ter sido marcado correctamente pelo SINTAB e pela Comissão Sindical na empresa, e por desrespeito à legislação vigente em Portugal respeitante À Lei Sindical.

 

Assim, à luz desta decisão da ACT, decidimos marcar novo plenário para o dia 27 de Setembro de 2016, ficando a aguardar a reacção da empresa, que entretanto entendeu obstruir novamente a realização do plenário.

 

Não podendo ficar indiferentes a esta decisão da empresa, os trabalhadores, a Comissão Sindical e o SINTAB como forma de luta decidiram fazer uma concentração de trabalhadores frente à porta da empresa do dia 27 de Setembro às 15.00 horas, com a presença do Secretário-geral da CGTP-IN Arménio Carlos.

 

A ACT-Autoridade para as Condições do Trabalho também já confirmou a presença de inspetores no local, para averiguar todo o processo.

Partilhe esta notícia