A Artemrede abriu as candidaturas para o concurso de ideias Transgressões Urbanas: Intervir nos Teatros Associados da Artemrede, no âmbito do novo Plano Estratégico e Operacional para o período 2015-2020. O prazo de candidaturas termina a 30 de abril. Recorde-se que o Município do Barreiro integra a ARTEMREDE, um projeto de cooperação cultural que tem como missão promover a qualificação e o desenvolvimento dos territórios onde atua.

“Transgressões Urbanas” pretende eleger a melhor proposta de dinamização e intervenção nos Teatros Associados da Artemrede nas suas diferentes dimensões – física, arquitetónica, simbólica, comunicacional, incluindo o espaço público envolvente – com o intuito de promover o espaço teatro no contexto urbano, reforçando laços entre ambas as realidades e estimulando novas perspetivas e vivências da cidade a partir da cultura. Pretende-se, desta forma, que o espaço teatro passe a ser olhado e vivido de uma forma contínua e aberta à comunidade e ao território.

As propostas devem possuir um carácter original e serem exequíveis dentro do orçamento proposto (até 10 000 €), bem como integrar-se e responder aos desafios específicos do território envolvente. O concurso tem em vista a contratualização e a implementação da proposta vencedora (até 30 de junho de 2015). Nesta primeira edição, o concurso contempla apenas os teatros associados da Artemrede que se situam na região de Lisboa (Almada, Barreiro, Moita, Montijo, Oeiras, Palmela e Sesimbra)”, refere a organização.

O concurso Transgressões Urbanas tem como parceiro estratégico a ADDICT – Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas.

 

Mais informações podem ser obtidas em www.artemrede.pt.

 

O Regulamento pode ser consultado em http://www.artemrede.pt/share/regulamento_concurso.pdf.

Partilhe esta notícia