O Conselho Municipal de Juventude (CMJ) aprovou, por maioria com duas abstenções, as suas Normas de Funcionamento na reunião realizada a 19 de fevereiro, nos Paços do Concelho.

Dez artigos fazem parte destas normas, nomeadamente as competências; a composição do Conselho; a composição da Mesa; os direitos e deveres dos membros do CMJ; apoio à atividade do CMJ, entre outras.

O reconhecimento dos jovens enquanto parceiros e interlocutores do Município e a promoção de ações conjuntas com vista à criação e fruição de uma política municipal de juventude levou a Câmara Municipal do Barreiro a criar o CMJ a 27 de outubro de 2008. O Conselho “surgiu da vontade e participação dos jovens intervenientes de integrar um órgão consultivo importante para ajudar a responder às necessidades e aspirações da juventude do Barreiro”.

“Colaborar na elaboração e execução da Política Municipal de Juventude; Promover a realização e divulgação de estudos sobre os jovens do Concelho; Fomentar o Movimento Associativo Juvenil no Concelho e promover a colaboração e troca de experiências entre as associações no seu âmbito de atuação” são algumas das suas competências.

As Normas de Funcionamento do CMJ encontram-se disponíveis no site oficial da Autarquia em www.cm-barreiro.pt no separador município/juventude.

Partilhe esta notícia